28 de fevereiro de 2011

Qual o motivo do seu choro?




“E caindo em si, desatou a chorar” Marcos 14.72

O que é chorar? Definiria eu que, chorar é demonstrar a manifestação de algum sentimento, emoção forte que o ser humano, vivencia, podendo ser de alegria ou de tristeza, provocado por emoções extrínsecas ou intrínsecas de si mesmo.

Neste versículo acima, temos a narrativa do discípulo Pedro, que após negar a Jesus, e ver que se cumprira a palavra profética de Jesus, no cumprimento a glória de Jesus foi-lhe manifesta e então ele caiu em si, por isso chorou.

Este choro foi de angústia, foi um choro de arrependimento, um choro de vergonha, um choro de decepção consigo mesmo. Foi um choro que Pedro viu o seu estado pecaminoso, a sua inconstância na fé, mesmo vendo Jesus operar milagres em vida dos seus, na sua própria vida e vendo muitos desconhecidos sendo abençoados por Ele, ouvindo as suas mensagens, mas a incredulidade ainda pairava na vida de Pedro.

A inconstância praticada por Pedro e, muitas vezes por nós também desenvolvidas, pois em nada nós somos diferentes de Pedro, quem sabe até coisas piores fazemos, mas esta inconstância é uma herança pecaminosa, herdada de Adão, quando de sua queda ali no jardim do Éden.

Mas afinal querido leitor, por que choras demasiadamente? Que te sucede? O que te sobreveio? Na vida de Pedro, foi o choro de arrependimento. Por ver que descumprira uma promessa pública por ele feita a Jesus. Mas nesta inconstância de Pedro, cumpriu-se as palavras proferidas por Jesus, com riquezas de detalhes, tampouco, por isso Jesus castigou-o, antes o olhar de misericórdia, o semblante humilde de Jesus, que já de antemão o perdoara, ficou registrado na memória de Pedro.

Querido leitor se você também está a chorar algum choro de decepção, choro de tristeza, de angústia, de perda, quero te lembrar que Jesus é o remédio para nossas dificuldades, em S. Mateus 11.28-30, pede que se aproximem dele os cansados, os oprimidos, os angustiados, os enfermos, que Ele promete dar o alívio, o refrigério, que o ser humano procura em suas indagações e conflitos existenciais.

Enfim, aproveite o momento e mesmo sob soluços, possas você ter em mente que Cristo ainda continua de braços abertos para recebê-lo de maneira carinhosa, Ele te perdoa, cura as tuas iniqüidades, te justifica, te defende perante o Pai, ele é o vosso advogado não para com um Juiz, mas para com Deus, você compreende? Jesus te purifica, te traz de volta alegria, o brilho do sorriso no seu rosto, o vigor, o ânimo Jesus fornece isto e muito mais em sua vida.

Pare de chorar, transforme este choro em sorriso alegre e vigoroso, adorando ao Senhor, que tanto tem feito e está a fazer por nossas vidas. Que a Graça do Senhor Jesus venha a transbordar o vosso viver, operando este milagre no seu coração.

Querido leitor, que neste breve devocional, possas cair em si, sendo manifesta em sua vida, a graça e a glória do Senhor, pois assim, serás beneficiário tanto da misericórdia, quanto da justiça divina.

Que o Pai celestial, continue a irradiar o vosso viver, transformando nossos choros em alegrias sem fim, na paz indizível que o apóstolo Paulo expressou aos filipenses.

No amor do Pai,

William Pessôa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário, agradeço a visita!!!!!!!

Postar um comentário